Ian McEwan

Finalmente comprei o livro "Atonement" do escritor Ian McEwan e colei o autógrafo que ganhei na sua festa de aniversário, na qual fui barman no London Zoo - a mesma festa em que tive o prazer de servir David Gilmour, guitarrista e gênio do Pink Floyd.

Colei na segunda página as breves palavras:
"To Rafael,
with best wishes
and Thanks!
Ian McEwan"
E foi mesmo um agradecimento honesto. No final da festa, enquanto ele me agradecia por tudo que tinha feito em seu aniversário, eu pedi um autógrafo e ele ficou surpreso. Talvez imaginasse que eu não soubesse quem ele era. Escreveu em letras garranchadas, pelo vinho e pelo tardar do horário, essas palavras. Mas em seu olhar, eu senti o sentimento de gratidão.

Foi um dos momentos bacanas que vou levar de Londres.

Nenhum comentário:

Mais lidos no mês

Mailing E-mancipação