Entrando em contra-mão

Me desculpe a ausência de textos nessa semana, mas é perfeitamente compreensível. Estou em curso de férias na UEM, tendo aula em dois turnos, manhã e noite. Além disso, tenho estágio na Representação Jurídica da Caixa Econômica Federal durante as tardes. Ou seja, nenhum tempo livre. MESMO.

De qualquer forma, arrumei um tempinho prum comentário sobre o sistema binário (adorei a crônica do Wilame) de Maringá. Um comentário musical.

O sistema binário só me faz pensar em uma música. Mecanismo, do Ludov (do disco Caligrafia, de 2009):

"As ruas que eu caminha mudaram de direção
me sinto perdido andando em círculos sociais
entrando em contra-mão
confundindo sinais"



Diga se não é a coisa mais meiga e adequada para o nosso caso?

3 comentários:

fosforos disse...

Ainda bem que meu carro sabe voltar sozinho pra casa!

Rafael Zanatta disse...

Zé, eu não sei como você ainda está vivo.

prisci disse...

Mto conveniente! hehe Mto gostosinha essa música...

Mais lidos no mês

Mailing E-mancipação