A graça da desgraça

Uma coisa que sempre me impressionou nos estadunidenses é o sarcasmo de seu humor. Eles são ácidos e espertos, admiro isso neles. Não é por acaso que eles produzem cartoons e desenhos recheados de piadas inteligentes - alguém discorda da qualidade de Os Simpsons ou Futurama, de Matt Groening?

A crise econômica também não escapou do sarcasmo das ágeis mentes dos estadunidenses. Alguns transformaram a situação calamitosa do país - marcada pela desaceleração econômica, aumento das desigualdades sociais e a quase completa descrença no sistema político representacional - em piada. Me surpreendeu saber que o New York Times desde junho tem publicado os desenhos de Brian McFadden, um cartunista de 27 anos que assina com o nome artístico de Big Fat Whale.

Separei algumas tiras de McFadden que tratam do movimento "Occupy Wall Street" (que já se espalhou para além do distrito financeiro de Manhattan) e da crise econômica nos Estados Unidos. São geniais. Elas sintetizam bem essa ideia de humor sarcástico capaz de compreender a dinâmica política e as relações de poder e controle no capitalismo.










Um comentário:

Maurilio disse...

É realmente muito bom esse lado perspicaz do humor estadunidense, acredito que Family Guy e South Park também estão entre esse tipo de série animada, apesar do elemento nonsense (um pouco) mais acentuado.

Gostei bastante das tirinhas; mas já há algum tempo não visito o blog - sempre mto informativo e inteligente. Acho que antes eu acaba vindo parar aqui pelo facebook, e você não está mais por lá, não?

De qualquer forma, ótimo post! Abraço!

Mais lidos no mês

Mailing E-mancipação