Pressão internacional na advocacia brasileira


"Na tentativa de tornar mais difícil para os clientes [internacionais] obter aconselhamento jurídico de escritórios [brasileiros] formalmente aliados [a firmas internacionais], o Brasil está se movendo contra a maré da globalização da prática jurídica".

O que querem os ingleses do The Economist? Veja essa matéria ('Foreign law firms in Brazil', em inglês) e tire suas próprias conclusões.

Um comentário:

Pádua Fernandes disse...

Que gracinha, eles querem também o mercado jurídico brasileiro.
Abraços, Pádua

Mais lidos no mês

Mailing E-mancipação