Riqueza e compulsão

"Aristotle (1811), Francesco Hayez"


Um recadinho do nosso velho amigo Aristóteles, o "primeiro pensador científico" e fundador do Liceu em Atenas, escrito há somente 2.311 anos: "A vida dedicada a ganhar dinheiro é vivida sob compulsão, e a riqueza não é evidentemente o que buscamos, pois a riqueza é meramente útil na consecução de outros bens" (Ética a Nicômaco, Livro I, Cap. 5).

Precisamos pensar de forma mais séria quais são esses outros bens que tem valor em nossas vidas.

Um comentário:

Anônimo disse...

Diriam os "comentadores" de Aristóteles: Quem busca ACUMULAR riquezas durante a vida toda é o maior dos imbecis, pois ele permanece procurando algo que na verdade é um meio para outros fins. Seu fim é meio.

varagoiás

Mais lidos no mês

Mailing E-mancipação