A nova geração do rock n' roll ao vivo em Maringá

Confesso que daqui de São Paulo senti um pouco de inveja dos maringaenses. Nos dois primeiros dias do mês de Abril, a Cidade Canção recebe duas das melhores bandas do rock n' roll independente nacional: Rafael Castro & Os Monumentais e Garotas Suecas.


O Rafael Castro já é conhecido pelo pessoal de Maringá. O músico de Lençóis Paulista (interior de São Paulo) é um dos que tem mais produtividade na cena independente e já gravou oito álbuns em cinco anos, todos disponibilizados gratuitamente na internet. O "Estatuto do Tabagista" (2009) é meu favorito.

Numa matéria publicada na Rolling Stone, fica claro o caráter despretensioso de sua música, considerado pela revista como um rock jeca, neurótico e imperfeito: "O paulistano Rafael Castro, 24 anos, faz crônicas e versos populares, dedilha todos os instrumentos, masteriza, mixa e paga de patife em seus oito álbuns lançados na internet. As canções são daquele rock simples, que aderem às sinapses cerebrais e teimam em sair. Não há pretensões, arrogâncias, látex, tachas ou paetês. 'Não quero ser blasé, nem poser. Sou tosco, caipirão. Eu faço as coisas sem barreira social. Faço o que está fácil, sem custo, e o que é divertido. Não me preocupa o belo', escancara".

Ultimamente, Rafael Castro tem tocado com a cantora Tulipa Ruiz (sua namorada), outra revelação da nova geração de talentosos músicos brasileiros.

Com sua banda "Os Monumentais", Rafael Castro toca no Tribo's Bar (av. Cerro Azul), com ingresso a R$ 10,00. Confira aí a bela e pungente canção "Inimigo".





Já os Garotas Suecas, banda de São Paulo que estourou no cenário independente estadunidense, toca pela primeira vez em Maringá, graças ao esforço de Flávio Silva (SFC) em trazê-los para o interior do Paraná.

Como escreveu Fábio Massalli numa matéria sobre o show da banda em Maringá amanhã, "o CD 'Escaldante Banda', do grupo Garotas Suecas, esteve no Top 10 dos melhores discos nacionais de 2010da revista Rolling Stone Brasil. Amanhã, a banda formada pelos paulistanos Guilherme Saldanha (voz), Irina Pertolucci (teclado e voz), Tomaz Paoliello (guitarra e voz), Sergio Sayeg (guitarra), Fernando "Perdido" Machado (baixo) e Nico Paoliello (bateria), tocará em Maringá. Com um som que mistura música brasileira com rock psicodélico, funk e soul, o Garotas Suecas já tocou em cidades como Nova York, Los Angeles, São Francisco e Chicago, onde colecionou críticas positivas tanto para ao seu trabalho de estúdio quanto para as performances no palco. Nos EUA, foi elogiada pelo New York Times e Washington Post".

O disco "Escaldante Banda" (2010) - o primeiro álbum depois de alguns EPs lançados pela banda - é uma mistura de Jovem Guarda, Soul, Rock e Groove e foi amplamente elogiado pela mídia especializada. Pelo que lembro, há tempos o Thiago Soares (Espora de Galo) vinha cobrando um show deles em Maringá. Compartilho com ele a ideia de que o Garotas Suecas lançou um dos melhores discos do ano passado.

Veja aí "Codinome Dinamite", do primeiro EP da banda, que os projetou para os Estados Unidos da América:


O show do Garotas amanhã terá abertura da banda José Ferreira, dos amigos e conterrâneos Gabriel Montechiari (guitarra/voz), Gabriel "Chê" (guitarra), Tonin (baixo) e Renan Chor (bateria). A apresentação acontece no Jardim Elétrico (Av. Cerro Azul) e o ingresso custa R$ 15,00.

Um comentário:

Mariana Teresa Galvão disse...

Rafael, não sabia que o Rafael Castro era namorado da Tulipa!

Acredite ou não, descobri a Tulipa ano passado da forma mais curiosa: A vó dela, irmã da minha vó, me falou que sua neta (uma prima distante para mim) estava fazendo sucesso em SP!

Logo escutei tudo dela e me apaixonei... E os dois show que tentei ir estavam lotados! Mas agora, com um contato mais familiar, quem sabe não consigo nome na lista? haha

Muito bom seu blog,

beijos,

Mariana

Mais lidos no mês

Mailing E-mancipação