Nego Dito e a galera do Apê 80

Cruzando a rua Augusta, em frente ao prédio que moro, fica a famosa Peixoto Gomide (uma das principais vias do Jardim Paulista). Nessa peculiar rua, logo na primeira quadra, fica o Apê 80, onde mora o amigo jornalista Junior Bellé e outros compadres paranaenses.

O Apê 80 já ficou famoso por promover algumas das melhores festas underground do Baixo Augusta. Já teve até matéria no O Globo falando do local. Basta pesquisar no Google e você encontrará a seguinte descrição do local: "o Apê 80 é um apartamento duplex de cobertura na Peixoto Gomide, quase esquina com a Augusta, com um quintal bem bonito onde a galera fica ao ar livre contemplando a paisagem urbana noturna e vendo um show intimista de pertinho".

E é bem isso mesmo. Logo no primeiro final de semana em São Paulo, à convite do Bellé, fomos a uma festa que rolou no apartamento. Foi um evento diferente e muito bacana. Uma amiga dos rapazes estava grávida (de oito meses) e precisava levantar uma grana para os gastos com o bebê. Várias bandas toparam tocar de graça (Tamarindo's Orchestra, Alessa, Debora Lopes e o Clube da Chapadócia, Hualpais de Mefisto, As Radioativas, Circo Motel, Saladino é Roots, Rafael Castro e Tulipa Ruiz) e a grana da entrada e da cerveja foi convertida para garantir melhores condições para a breve maternidade. A festa rolou numa boa, todo mundo se divertiu e boa parte da grana foi para a mamãe rock n' roll.

Mas a galera do Apê 80 não só agita as noites do Baixo Augusta com boas bandas e cerveja a baixo custo. Os rapazes também são jornalistas competentes e acabaram de se lançar num novo empreendimento virtual: um site de informação e cultura, o Nego Dito.



A mensagem de boas vindas já apresenta qual é a proposta do projeto, a de um jornalismo interativo, atual e com conteúdo divertido: "Era uma vez um certo jornalismo romântico, daqueles que mandam flores e firulas com bombons de cupuaçu pros jovens corações despreparados, só para emprenhar assim, gozadinho que é, os sonhos dos bravos inocentes no front da informação. Num flerte putinho como este, de fumaça e promessas e esperanças, nasceu Nego, ditoso de qualquer samba, aprochegado na patota dos mambos, trovando notícia como refrão num remelexo 2.0. Agora Nego Dito, te convida para puxar a cadeira nessa roda dos raros, nessa prosa diária, nesse papo sincero. Leia, dê seus pitacos, reclame, emputeça, divulgue, compartilhe, ame. Bem vindos ao Nego Dito".

A "negada" - equipe responsável pela parte editorial - é formada por Bellé, Luis Rodolfo Lopes, Paulo Marcondes, Filipe Garrett e Gabriel Spenassatto.

Além das matérias publicadas diariamente sobre música, literatura, artes e cultura labo B, o Nego Dito conta com alguns colunistas, como Tiago Lobão (que além de escritor é baixista do Nevilton), Garret e o próprio Junior Bellé.

O lançamento do Nego Dito está marcado para hoje (06/04 é a data oficial de início do site). Mas desde o final de Março já tem muita coisa boa rolando, como uma entrevista feita pelo Rodolfo com o rapper Emicida.

O Nego Dito promete ser diferente do que existe hoje em termos de jornalismo cultural, algo mais informal e artístico. Perguntei ao Bellé "O que vocês esperam do projeto?". Ele me respondeu: "Cara, a gente espera se divertir, dar voz para pessoas talentosas e fazer um jornalismo malandro".

A ideia é essa: se divertir e informar com aquele jeitinho brasileiro.

Nenhum comentário:

Mais lidos no mês

Mailing E-mancipação