Valores


Enquanto o cantor francês Manu Chao se apresentou na Universidade de Havana, em Cuba, num show em homenagem ao revolucionário argentino Ernesto "Che" Guevara, a cantora inglesa Lily Allen se apresentou em Paris, num show para a Channel, um dos grandes nomes de indústria da moda.

Engraçado como esse microcosmo da música consegue por vezes representar os diferentes valores da sociedade moderna, tão díspares.

Será possível traçar um paralelo entre música e ideologia? Música é simplesmente música, sem qualquer abordagem político-social? A música aliena e distancia as reflexões sobre o atual estágio do capitalismo?

Nenhum comentário:

Mais lidos no mês

Mailing E-mancipação