Café com Prosa

O primeiro encontro do "Café com Prosa" foi excelente.

Com quinze minutos de atraso e contando com a presença de poucas pessoas sentadas nos confortáveis e coloridos sofás do Café Folie da Anlys (capteneado pelo espanhol Tony e pela brasileira "quase espanhola" Aida), discutimos por mais de uma hora as divergentes interpretações da obra "Metamorfose", do Kafka.

O fato de estarmos entre amigos deixou o clima do encontro inicial muito mais descontraído e a conversa fluiu de forma muito interessante. Breves análises, comentários, reflexões. Cada fala conectava-se à outra. De certa forma, costuramos uma grande colcha de retalhos, utilizando os panos individuais. O resultado foi ótimo.

No meio da prosa cafeinizada juntou-se o desenhista e pintor Alex, que inclusive traçou alguns paralelos entre nossas conjecturas metamorfosianas e as percepções daqueles que observam sua arte: cada pessoa vê a obra de arte com seus próprios olhos. O mesmo texto ou mesma pintura gera diferentes emoções e conclusões.

Não convém escrever aqui as distintas reflexões que fizemos sobre Metamorfose, ou sobre o próprio Kafka. Se assim fizesse, estragaria a magia do encontro físico, pessoal, único. Quem estava lá teve a oportunidade de, num Sábado ao entardecer, viver uma certa metamorfose em conjunto. É claro que ninguém se transformou num gigante inseto (interprete você essa frase da forma que quiser), mas com certeza tivemos um entretenimento enriquecedor.

Após uma hora de bate-papo sobre o tema proposto, a roda continuou na mesma empolgação, sendo o café substituído pela cerveja. Daí virou farra! Dominei o som, coloquei uns álbuns pra rodar (Dylan, Beatles, The Specials) e ficamos por lá por mais um bom tempo, inclusive ganhando uns petiscos de cortesia e dois pratos de risoto com tomatón (Tony queria mesmo agradar a moçada).

Bom. O próximo encontro é no dia 03 de Outubro, as 18 horas. A obra será As Intermitências da Morte, do José Saramago.

Como sempre, todos estão convidados. Com certeza teremos mais participantes do que as nove pessoas que estiveram nesse primeiro encontro. Um cartaz será colado no café durante essa semana, dando maior publicidade ao nosso pequeno e amador evento.

E um brinde (seja café ou cerveja) à literatura e à vida!

Nenhum comentário:

Mais lidos no mês

Mailing E-mancipação