UF!

Passar roupa de madrugada não é uma coisa bacana de se fazer. Tá louco, fiquei da meia-noite até agora passando roupa - pra mim, a parte mais chata de manter uma casa limpa e em ordem. Mas só passei metade, confesso. E só as do meu pai, pra quando ele chegar de viagem encontrar suas roupas passadas em cima da cama e pensar: "bom garoto!".

As minhas ficarão pra amanhã, dia de Eleições do Centro Acadêmico Horácio Raccanello Filho. Eleição, né, porque é Chapa única. Eu ainda sou da Comissão Eleitoral. Que sem graça, né? Eleição de Chapa única. Também, são diversos fatores que levaram a esse resultado (chapa única), e não vale a pena elencá-los, pois seria penoso e o horário já não permite. A preguiça reina.

Enquanto eu passava a roupa brinquei de abrir a "Bíblia dos discos" e baixar um disco. Caiu esse:

Você já ouviu? Bom, eu ainda não. Mas o álbum já está no PC. Amanhã faço algumas audições e depois teço um comentário. Promessa é dívida.

Beleza. Vou pra cama tentar ler um pouco de Nietzsche, Além do Bem e do Mal.

Nenhum comentário:

Mais lidos no mês

Mailing E-mancipação