Raramente eu não te entendo.


E quando não te entendo, não entendo essa sua falta de fé em minha boa-fé. O que pensas que penso? Será que não vê bondade no meu olhar? Eu sôo tão frio assim?

Você me qualifica como o pior argumentador do mundo, mas a retórica é inútil quando você já consolidou uma idéia ou um raciocínio. Raciocínio esse por vezes precipitado.

Bom, não cabe a mim julgar o que é precipitado ou ponderado. Só te peço calma ao desferir comentários ácidos. Eu te darei tempo, como pediu, para sentir sua mágoa.

Desculpe-me por qualquer vulga enrolação.

Nenhum comentário:

Mais lidos no mês

Mailing E-mancipação